quarta-feira, 22 de março de 2017

Temer diz ver muita resistência à lista fechada de candidatos e defende distritão

Reuters 



© Reuters. Presidente Michel Temer discursa em evento em Brasília

(Reuters) - O presidente Michel Temer disse em entrevista ao canal de TV GloboNews que tem visto muita resistência à possibilidade de se adotar um sistema eleitoral com lista fechada de candidatos a deputados e voltou a defender o voto majoritário para o Congresso.

A declaração foi feita em trecho da entrevista que irá ao ar na noite desta quarta-feira.

A regra da lista fechada ganhou fôlego nos últimos dias com a defesa do financiamento público de campanhas, já que os parlamentares têm dito que a regra atual, que restringe as doações a pessoas físicas, inviabilizaria as eleições gerais do ano que vem.

Na terça-feira, o relator da reforma política na Câmara dos Deputados, Vicente Cândido (PT-SP), disse que seu relatório incluirá a adoção da lista fechada nas eleições para deputados federais e estaduais e vereadores nas eleições de 2018, 2020 e 2022.

Temer defende há tempos o chamado "distritão" para a eleição de deputados, sistema no qual, são eleitos os candidatos mais votados.

(Por Alexandre Caverni)

Nenhum comentário:

Postar um comentário